quinta-feira, 2 de outubro de 2008

Perspectiva x Obrigação

Eleições chegando e as propostas são as mesmas. As pessoas são as mesmas com exceção de uma dúzia de novas caras que vão "lutar pela renovação da cidade". Os antigos com as mesmas propostas, algumas delas absurdas e que já viram que pega o eleitor. Fica uma pergunta na minha cabeça: Adianta a gente votar em algum candidato esperando uma mudança nessa situação em que vivemos?

Eu confesso que voto, hoje, por obrigação. Não tenho nenhuma perspectiva de melhora com as pessoas que são oferecidas pra mim. Até acho isso interessante na democracia, ser OBRIGADO a votar e, o pior, ser OBRIGADO a escolher um dos candidatos impostos pelos partidos, ou seja, você não escolhe quais candidatos disputarão as eleições. Como sou técnico e lógico, acho estranho algumas coisas das ciências sociais.

Mesmo sendo de uma classe não tão prejudicada pelos políticos, eu ainda acho que isso tudo não tá certo. Eu fui testemunha de algumas coisas que aconteceram no ensino público que me deixa desacreditado no país. Vi um professor dar 28 notas baixas numa turma de 30 alunos e vi a correção das provas. Primeira prova assim, segunda prova assim e terminei questionando o que esses alunos pensam da vida em ficar reprovando a toa com a chance nas mãos em que, ainda, muitas pessoas não a possuem. Pro meu espanto, ele me contou que nenhum dos alunos reprova, ele é obrigado a passar todo mundo. É muito triste isso, porque a gente ve um monte de numeros sobre educação e que nada são confiáveis. Lembrando ainda que os alunos tambem têm culpa nesse exemplo prejudicando centenas de outros sem oportunidade e que querem estudo de verdade.

Essas coisas vão me deixando desacreditado. Como uma pessoa sem educação vai saber a verdade desses candidatos? Como distinguir a fantasia que eles colocam na cabeça da gente da realidade? É triste e, pra que preparar o povo? Melhor ter seus eleitores que ter uma sociedade inteligente pra escolher melhor seus governantes ou ter mais voz. É bem mais fácil comprar os votos que convencer um eleitor preparado.

Isso se tratando de educação apenas e, tratando-se de ser humano, TUDO é importante: educação, saúde, saneamento básico, condições de moradia, emprego etc. Mas não consigo ver onde vai se chegar...

Político honesto? Ahm? Projetos? Ahm? Vote em mim! Ahm? Votamos no mais preparado ou no mais conhecido? Votamos no mais preparado ou com mais vínculos com a família? Votamos nos mais preparados ou se todos vão roubar que roube um conhecido? 

Que nos faça contentes as máscaras que sempre fazem a gente esquecer de tudo: "Acabou a cidade? Verdade! Mas ele asfaltou minha rua."  

Roubando ou não, projetando ou não, fazendo ou não, que me poupem um segundo turno. Cansei de mentira!


5 comentários:

acho que sim, penso que não disse...

esse preto de fundo cansa a visão.
vou copiar tudo e colar no word pra ler... depois volto pra comentar! ioeoehiooehiheio


beijos,
te adoro,
meu consultor HONDA.

Se o assunto é eleição, só não voto no PT, Lula e demais seres aquáticos alergenos.

acho que sim, penso que não disse...

Só pra desabafar...

O candidato aqui da rua tem uma instituição - também na minha rua - e, por vezes, provome umas gincanas (?), uns churrascos (?), uns cultos evangélicos (? - rá, nesses o pastor faz aquela propaganda política) e uns bailes funk.

Nesses eventos, a rua é fechada. Certa vez, eu cheguei em casa e eles me abordaram, dizendo que tinham autorização de não sei quem pra fechar a minha rua pra nenhum carro entrar. Interessante que ninguém pode trabalhar nesses horários, porque a minha rua praticamente só tem empresas e, pior de tudo, os eventos dele fazem barulho (muito barulho) até ALTAS horas da noite. Isso porque ele DEVERIA dar exemplo.

A rua, tu sabe, é a mais fudida do recanto dos vinhais!
Dai tu tira: nem a rua que ele cresceu e hoje tira frutos (tb com política), ele serve pra mandar asfaltar, o que dirá o resto das promessas a cumprir.

***



E viva essa página de comentários, que mostra o texto em outro layout.

errei na mosca disse...

Muleke, infelizmente teve segundo turno aqui.

Mas, felizmente, meu tio ganhou no interior e lá não tem segundo turno.

Porém, felizmente mesmo é hoje a gente jogar um tênis!

Azeitona Suicida disse...

É...não te pouparam.
Tu vai ter que ir votar de novo!

Vamos!

E o tênis?

Giovana disse...

Sopas, me visita.
:**